“Bolacha ou biscoito”: qual é o correto?

Bate papo Instagram - Clank
Converse em grupo com os seus amigos no Instagram
12/07/2019

“Bolacha ou biscoito”: qual é o correto?

20 de julho dia do biscoito ou bolacha - Clank Digital

Dia 20 de julho é celebrado o Dia Nacional do Biscoito… ou Bolacha? Afinal, qual é o certo? Confira a seguir:

A palavra “biscoito” surgiu a partir da junção de duas palavras francesas: “bis” e “coctus”, que significam “cozido duas vezes”. O “biscoito” é resultado da prática de assar o alimento duas vezes, para que fique menos úmido e dure mais tempo sem estragar. É produzido com massa de farinha de diferentes cereais, gordura ou levedura, pode conter açúcar ou não. Além disso, pode possuir recheio ou cobertura e ser encontrado em diferentes formatos.

O termo “bolacha” vem de “bolo”, do latim “bulla”, que significa “objeto esférico”, com o sufixo “acha”, que indica diminutivo. A palavra holandesa “koekje” tem o mesmo significado e gerou termos como “cookie” e “cracker”. É produzida com os mesmos ingredientes do biscoito, a diferença é que ela geralmente é mais seca e possui um formato plano.

Biscoito ou bolacha: qual seria o melhor termo para utilizar? A resposta varia de acordo com a região do Brasil, pois ambos caracterizam o mesmo produto, o que acontece é uma variação linguística regional. Em certos lugares do país se diz “biscoito” em outros, “bolacha”.

Na maior parte do Brasil usa-se “biscoito”. Por outro lado, “bolacha” é bastante utilizada em São Paulo e na região sul. Ainda há lugares que convivem com os dois. Veja no mapa:

Este mapa foi feito com base em uma enquete realizada no Facebook do Mundo Estranho com participação de mais de 8 mil leitores.

“Biscoito” entrou primeiro na língua portuguesa e talvez por isso a indústria de alimentos prefere usar o termo em suas marcas. Para a Anvisa, órgão regulador dos produtos alimentícios no Brasil, os temos biscoito e bolacha são sinônimos. Eles são definidos como: “produto obtido pelo amassamento e cozimento conveniente de massa preparada com farinhas, amidos, féculas fermentadas, ou não, e outras substâncias alimentícias”. Essa definição leva em consideração formatos e texturas e a presença ou não de recheio ou cobertura.

Independente do termo, o importante é que o alimento ganhou um dia unicamente em sua homenagem e que merece ser comemorado no melhor estilo.

Verbena Gomes
Verbena Gomes
Estudante de Jornalismo no Unifanor Wyden | Analista de Conteúdo para a Web na Clank Digital
×

Fale pelo Whatsapp

Clique no contato abaixo para falar conosco via WhatsApp. Você será direcionado para o aplicativo que abrirá em uma nova janela.

× Como podemos ajudar?